quarta-feira, 25 de abril de 2018

Antes de sermos vossos



Este foi um dos últimos livros que li e gostei muito (da forma como está escrito, a história ainda me choca...). Narrado a duas vozes, os capítulos vão alternando entre uma mulher rica e bonita da actualidade a quem nada falta, e uma menina que viveu em 1939 com a família num barco no rio Mississipi e que, embora pobre, vive feliz. Claro, como seria de esperar, alguma coisa vai ter que acontecer. O acontecimento é trágico e vai ligar estas duas mulheres. O mais triste desta história, é saber que se baseia numa história real. E lembra um pouco uma notícia/história que tem passado ultimamente na televisão...
Recomendo mas aviso já: é preciso ter força para ler algumas partes...


Inspirado em factos verídicos, esta é a história de duas famílias e da terrível injustiça que as mudou para sempre. Nascida num mundo de riqueza e privilégio, Avery Stafford tem tudo. Filha adorada de um senador americano, com a sua própria carreira como advogada e um noivo maravilhoso à espera em Baltimore, ela vive uma vida encantada.


Mas quando regressa a casa para ajudar o pai com um problema de saúde, um encontro casual com May Crandall, uma idosa desconhecida, deixa Avery profundamente abalada. Ao decidir descobrir mais sobre a vida de May irá embarcar numa viagem pela história oculta de crianças roubadas e adoções ilegais. E cedo irá desvendar um segredo que pode levar à devastação... ou à redenção.

Baseado num dos mais conhecidos escândalos da América — em que uma instituição de adoção vendeu crianças a famílias ricas —, este romance comovente e fascinante recorda-nos como, apesar de os caminhos que tomamos levarem a muitos lugares, o coração nunca esquece onde pertencemos.

Por cá, já somos 4!


Apercebo-me agora que já não vinha ao blogue quase há 2 anos?!! Será possível que o tempo passe tão rapidamente que 2 anos fogem e nem nos apercebemos? A família aumentou e muita coisa se alterou já que não há tanto tempo para filme (neste momento, as minhas séries preferidas são a Patrulha Pata e o Mundo de Luna! Qual "Casa de papel", qual quê!... Ahahahahah!). Felizmente, a rádio ajuda-nos a manter a música diariamente na nossa vida (se bem que às vezes, prefiro o silêncio do que certas e determinadas canções ou lá o que aquilo é suposto ser). Por outro lado, as leituras vão mantendo-se variadas e o vício e está a passar para a descendência! Yeah!!! A ver se volto mais frequentemente para actualizar isto tudo!...

Ah! E sermos 4 (mais uma gata) é a melhor sensação do mundo!

Fonte da imagem: https://impremedia.net/happy-family-images-cartoon/

sábado, 2 de julho de 2016

D. João I- João Fernando Ramos


Nestes últimos anos, viciei-me nos romances históricos e a histórias dos Tudors de Inglaterra foi a catapulta para o meu interesse cada vez maior sobre a história dos nossos antepassados. A verdade é que o ser humano não mudou muito ao longo da sua evolução e estes livros permitem-nos ver isso mesmo. De uma forma ou de outra, continuamos a ver gananciosos, loucos, torturadores, bons corações, etc... O mais fascinante é que qualquer país pode ter uma história rica em eventos e pessoas marcantes mas Portugal é, com toda a certeza, um dos país europeus com a história mais fascinante (pena é que nunca nenhum professor de história me conseguiu mostrar isso na escola, eu detestava história). Este livro prova isso mesmo. D. João I, mestre de Avis, foi um rei do povo, para o povo. Um grande Homem que mudou o rumo da nossa história, com a ajuda do povo. Um rei que não se limitava a dar orientações enquanto estava sentadinho no trono, mas sim um rei que lutou pela independência de Portugal juntamente com o povo e com a preciosa ajuda de Nuno Álvares Pereira entre outros. D. João I casou com D. Filipa de Lencastre e esse casamento selou aquele que é o mais antigo tratado do mundo (e ainda hoje em vigor) existente entre Portugal e Inglaterra. Posso dizer-vos que tenho um vício novo que se chama "Ínclita geração". Recomendo!

sábado, 25 de junho de 2016

All Saints- This is the war


Elas estão de volta! Que bem meninas!

Para quem só teve a oportunidade de conhecê-las agora, estas quatro meninas cantaram vários sucessos há uns anos atrás, entre os quais:

Never Ever


Pures shores (música oficial do filme "A Praia" com Leonardo DiCaprio)



Bootie call

Bem-vindas de volta!

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Educar com Mindfulness- Mickaela Övén


A parentalidade positiva está na moda e veio para ficar. Educarmos os nossos filhos com autoridade mas com uma relação baseada no respeito mútuo está, de facto, cada vez mais implementada no nosso país. Basta ver a quantidade de informação a que temos acesso hoje em dia. Um livro que me chamou particularmente à atenção foi este "Educar com Mindfulness". Tenho o privilégio de já ter sido apresentada ao mindfulness, uma prática de meditação que me tem ajudado a manter os pés assentes no momento presente, sem andar a remoer no passado ou a fazer filmes sobre o futuro. O que a autora deste livro nos traz, é a junção da parentalidade positiva com o mindfulness. E assim nasce a parentalidade consciente. Com um cd contendo meditações guiadas, recomendo!

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Muse- Aftermath


Palavras para quê? Deixem-se emocionar e mantenham a esperança...

terça-feira, 10 de maio de 2016

100 Years- The Movie You Will Never See


Ora aqui está uma ideia engraçada mas que no fundo não tem piada nenhuma. Um filme que vai estrear daqui a 100 anos! Ora, quer dizer que provavelmente nem o meu filho o irá ver. Chegou a Cannes este filme fechado com uma garrafa de whisky que demora 100 anos a estar no ponto para consumo. Viva o marketing...

domingo, 1 de maio de 2016

Ana Moura- Moura


Se bem que através do pai porque afinal ele só tem 22 meses, este foi o presente do Dia da Mãe que o meu filho me deu (além de outras coisas mais lindas umas que as outras... só miminho, tão bom!). O(s) meu(s) meninos estão a dar-me música e eu agradeço, sobretudo quando é música poética e numa voz tão bonita! Obrigada!

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Ruca e o esconderijo secreto

Este é, de momento o livro que mais leio cá em casa. a audiência é exigente e não pode falhar nenhum dia... Só essa faltava, passar sem o Ruca! ;)

sábado, 23 de abril de 2016

A culpa é das estrelas- John Green


Acabei de ler este livro e gostei mas não fiquei rendida. A história dá uma reviravolta que surpreende e a partir daí é torcer para que estejamos enganados ao imaginar o final. E não é por causa do acontecimento principal do final que me fico pelo "gostei" é mesmo porque acho que a carta final não devia ter sido dirigida para quem foi... Quem leu entenderá com certeza aquilo que estou a dizer. Quem não leu, pois aproveitem para fazê-lo. É um livro que se lê muito bem e que comecei a ler sem saber que se tratava do homónimo que estreou no cinema em 2014. Já percebi que a actriz (Shailene Woodley) é bastante conhecida (pelos vistos já tinha visto um filme com ela e não me lembrava) e está em ascensão. Por isso, e como é giro ler livros e ver os respectivos filmes, toca a ler/ver, pela ordem que mais vos der gosto!

terça-feira, 19 de abril de 2016

Alan Walker- Faded


Esta foi a música que dancei com o meu menino, que faz hoje 22 meses, depois de tirá-lo da cama. Sim, porque às vezes também dançamos! A letra é um pouco triste mas a minha vida seria realmente menos alegre sem o meu filho (e o meu marido, vá...). A minha sorte é sabê-lo, ao contrário do que acontece nesta letra...

sexta-feira, 15 de abril de 2016

O que podemos aprender com a Abelha Maia e o Dartacão- Gabriel García de Oro


Gostei muito! Este livro é fantástico. O autor refresca-nos a memória sobre diversas histórias infantis, umas mais conhecidas do que outras mas das quais já todos ouvimos falar duma forma ou de outra. Depois disso, faz-nos uma análise psicológica de determinada personagem dessa história e faz a analogia para os nossos dia, para a nossa vida. Daí que todas as histórias infantis têm personagens das quais podemos tirar partido para melhor vivermos. Recomendo!

Novo método para estimular a capacidade intelectual das crianças




AMEI!

Se ficou curioso/a, siga a ligação:

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Onde está o Bolinha- Eric Hill


Aqui está um livro do cãozinho mais fofinho do mundo dos livros, pelo menos para os bebés. Este "Onde está o Bolinha?" tem feito as delícias do meu filho de 21 meses. Que grande aventura descobrir quem se esconde atrás do relógio ou dentro do piano. Mas onde está o Bolinha? São horas de comer... Recomendo!


segunda-feira, 4 de abril de 2016

De que livro você saiu?

Aqui está um teste engraçado para quem gosta de ler!

Divirtam-se! Já agora partilho convosco o meu resultado:

Página web: Teste de que livro você saiu

"Orgulho e preconceito", de Jane Austen
www.focusfeatures.com
Este livro poderia ter sido baseado nos acontecimentos da sua vida. Sua inteligência e obstinação lhe levaram para onde você está agora. Sua habilidade de se surpreender é invejável.


Para você, nada é impossível, e sabe como atingir seus objetivos. Se você encontra um obstáculo pelo caminho, não se preocupa, pois sempre consegue superá-los facilmente.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...